Slider

domingo, 17 de outubro de 2010

Os Primeiros Passos

É preciso renascer...


Antes de descobrir a Intolerância à Lactose (IL) minha situação estava bem complicada:

- crises de diarreia diariamente (minha microbiota estava destruída);
- crises fortíssimas de rinite que não cessavam;
- dor no lado direito da barriga, que chegou até ser confundida com apendicite;
- estado emocional muito abalado: todos os problemas acima eram explicados como sintomas emocionais devido ao stress e eu não me conformava em ser a causadora disso tudo.

Devido a todos esses fatores, comecei a pensar mais sobre a minha vida, o que eu realmente queria para mim e principalmente, o que eu queria para minha saúde. Decidi pedir demissão do meu emprego e fazer um intercâmbio no Canadá. 
Claro que tudo isso não foi decidido de uma hora para outra, foram meses de pesquisa e tudo foi feito ao seu tempo. E este não foi o único motivo para tomar esta decisão, o meu estado de saúde apenas me fez cair em reflexão.

Um mês após pedir demissão, fui fazer um check up geral com vários médicos antes de viajar e como disse no primeiro post, a otorrinolaringologista me passou o exame da IL. Fui me consultar devido a uma crise forte de rinite, a médica perguntou se eu já tinha pesquisado alguma alergia ao leite ou intolerância à lactose e então, me passou o exame.

Fiquei bem perdida depois do diagnóstico: não sabia o quê comer, o quê fazer para repor cálcio, comecei a ler o rótulo de tudo e percebi que existia lactose em lugares inimagináveis e foi aí que fui me consultar com um nutricionista pela primeira vez. 

Se eu pudesse dar algum conselho para quem acabou de descobrir a IL, com certeza o número 1 seria: procure um Nutricionista.
Eu tinha um pensamento bem diferente em relação as nutris. Sempre fui muito magra, nunca tinha me preocupado com alimentação e nunca tinha reparado no trabalho de um nutricionista. Depois de tudo o que aconteceu, passei a entender e apreciar o trabalho destes profissionais. *Atualização: na época que escrevi este post - outubro/2010 - nem imaginava que meses depois começaria uma nova faculdade - meu terceiro curso superior. E adivinha o que fui estudar? Nutrição. :)

Meu convênio não cobre esse tipo de consulta, então precisei pagar e digo: não me arrependo, muito pelo contrário foi um dinheiro muito bem investido. 
Tirar o leite e derivados da dieta é "fácil", o difícil é se alimentar direito. Nós precisamos ter noção do que comer para repor o cálcio, do que ingerir para auxiliar a microbiota, etc, etc. Em alguns casos, nem é preciso excluir o leite totalmente (eu não sou um caso desses, minha intolerância é muito forte e não consigo ingerir alimentos com baixa lactose). 
Com o cardápio e explicações da nutri, fica bem mais fácil. O cardápio é personalizado de acordo com a quantidade de macro e micronutrientes que você precisa.

Outra coisa que fez 90% de diferença na minha vida foi o uso de probióticos, que foram apresentados também através da nutri, e que me ajudaram a reconstituir a microbiota. Aos poucos, a diarreia foi cessando... comecei a me sentir mais forte graças às vitaminas e o cardápio foi essencial até eu conseguir me adaptar e ir descobrindo o que poderia comer com calma.

A rinite melhorou MUITO! Desde que cheguei no Canadá, tive 1 crise (e estou aqui a 1 ano e 1 mês). Claro que o clima e pouca poluição daqui também ajudam, só vou ter certeza se minha rinite realmente melhorou depois que eu voltar ao Brasil... *Atualização: voltando ao Brasil, minhas crises voltaram, mas com uma intensidade mais branda. Mesmo assim, tive que procurar tratamento e estou atualmente me tratando com homeopatia.

Em conjunto com tudo isso, fiz acupuntura. Depois de algumas seções, a dor do lado direito da barriga sumiu. Foi excelente para equilibrar meu organismo, fora que aprendi muito em relação a filosofia de vida na medicina chinesa e passei a tomar mais cuidado ainda com a alimentação.

No começo, fiquei natureba ao extremo. Não comia nada industrializado, só bebia sucos naturais, nada de açúcar, nada de gordura. Claro que isso durou pouco. Foi uma mudança e tanto para melhor, porque nunca tinha prestado atenção nas coisas que eu ingeria. Com o passar do tempo vi que não precisava ser tão extremista. O segredo é não cometer exageros. 
Hoje como tudo o que eu tenho vontade. Se fui a algum lugar, me deparei com um bolo maravilhoso de chocolate e não pude comer porque era com lactose, tento reproduzir em casa na versão zero lactose e como com moderação. Sempre que possível preparo meia receita, isso ajuda a manter o controle, rs. Receitas doces e gordices tem vez uma vez por semana aqui em casa e olhe lá! Simples assim. 

Se você está chegando por aqui agora e está naquela fase crítica de adaptação, o que eu posso te dizer é:
Calma! Tudo vai dar certo! O começo é difícil, mudar hábitos é complicado, mas temos um poder incrível de nos adaptar a quase qualquer coisa! 

Aqui no blog você poderá encontrar muitas dicas e receitas. E o mais importante, aqui você tem uma amiga que poderá te ouvir e ajudar nessa nova fase e que possivelmente já passou pelas mesmas dificuldades que você está passando agora. 
Precisando de ajuda é só me procurar: deixe um comentário ou envie um e-mail para contato@diariosemlactose.com

Beijos!

33 comentários:

  1. Li e me identifiquei rs ..essas dores do lado direito voltam caso sem querer vc coma algo? a minha sim ..

    ResponderExcluir
  2. Oi Monalisa! Lendo o que vc descreveu, tb me identifiquei com as dores no lado direito da barriga... de vez em quando tenho... e cheguei a ir até fazer ultrasom rescentemente...não estava relacionando a IL...

    ResponderExcluir
  3. Monalisa, a gente que tem IL pode comer coxinha e empadinha na rua? Lanchonetes e tal?? Sempre fico sem saber se estes salgadinhos tem leite, manteiga, creme de leite ou alguma coisa com lactose na composição...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa, infelizmente a única maneira de descobrir é perguntando no local. Cada estabelecimento utiliza uma receita diferente, já encontrei lugares que utilizavam leite e margarina, outros que não utilizavam... Na dúvida sempre pergunte, só o local vai saber te informar corretamente sobre a composição dos produtos. Beijos :)

      Excluir
    2. Nem sei como agradecer a sua atenção! Você tem que ter uma paciência danada com esses "marinheiros de primeira viagem", né? Deus te abençoe Monalisa! Você não sabe como faz bem pra gente ter este apoio! Bjs!

      Excluir
  4. Tem pouco tempo que descobri a IL e fiz como você sugeriu: estou com o acompanhamento de uma nutricionista... Mas... sinceramente? Ela não adaptou meu cardápio! Simplesmente mandou eu substituir tudo que leva leite por soja. A nutricionista que acompanhou você me parecer bem mais criteriosa... o problma é que moro em BH/MG, será que alguém poderia me recomendar uma boa nutricionista?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vou conseguir te recomendar uma profissional em outra cidade, mas espero que algum leitor/leitora possa te ajudar. Sugiro que você coloque essa pergunta na página do blog no Facebook, vai ser mais fácil do pessoal visualizar a pergunta e te ajudar. Grande beijo! :)

      Excluir
    2. Ok Monalisa! Vou seguir seus conselhos. Vou postar no Blog. Deve existir aqui em BH alguma nutricionista especializada em IL, ou pelo menos com maior prática no atendimento/acompanhamento a pessoas com restrições alimentares, não é mesmo?
      Valeu! Bjão!

      Excluir
  5. Olá, meu nome é Arlete,tenho 2 filhos e descobrir por esses dias que os dois tem intolerancia a lactose;estou muito perdida pois minha filha tem 4 anos e o menino 14.Para o mais velho fica mais fácil pois entende,mais a mais nova está sendo um pouco difícil.estou muito feliz por esse blog,vou começar a fazer as receitas, o que ficou mais dificil foi o lanche da escola,pois só frutas ela acaba enjoando ainda mais que vê outras crianças comendo de tudo. Obrigada pelas dicas,pela força que deus continui te abençoando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Arlete!
      Para a pequenininha é mais complicado mesmo, te entendo. Espero que você consiga pegar bastante dicas de lanches para ela aqui no blog, qualquer dúvida deixe um comentário que te ajudo, ok?
      Muito obrigada e um grande beijo!

      Excluir
  6. Olá Monaliza, faz 1 ano que descobri q tenho a intolerância e no meu caso o mais difícil foi sair das crises de diarreia, mesmo sem ingerir nada de leite e derivados. Então veio o diagnóstico da "síndrome do intestino irritável" e q ainda não me sinto completamente confortável, passo dias bem outros menos e sei q pode ser só emocional (ou não?)...Isso é comum pra quem tem IL?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Pelo que eu posso sentir através dos leitores do blog e também por experiência própria é que a maioria das pessoas demora um tempo (meses) para voltar ao "normal". Quem faz acompanhamento desde o começo, ajustando a alimentação e utilizando outros recursos para recuperar a microbiota e a saúde intestinal (como por exemplo, uso de probióticos) acabam se recuperando mais rápido.
      É preciso verificar se esse mau estar não pode estar sendo gerado por outras causas. No seu caso, como você já foi diagnosticada com SII provavelmente a causa do desconforto seja por isso e não pela intolerância à lactose. Desejo melhoras, se cuida! Beijos

      Excluir
  7. Boa noite Monalisa,
    Parabéns pelo carinho e atenção dispensada a todos nós que descobrimos ter IL. Minha filhinha tem 6 anos e está utilizando o leite Piracanjuba Zero Lactose(líquido). Por incrível que pareça, é mais gostoso que o normal. Ela toma puro e adora. Fiquei super feliz com as receitas postadas, vou fazer para ela e depois posto o resultado. Beijos. PS: Posso fazer receitas normais substituindo o leite pelo Piracanjuba Zero Lactose ao invés de usa leite de soja?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcia!
      Eu é que fiquei muito feliz com o seu comentário, conforme for fazendo as receitas volte aqui para me contar o que achou, ok?
      Você pode utilizar o leite zero lactose no lugar do leite de soja sim.
      Um beijo para você e sua filhinha!

      Excluir
  8. Olá Monalisa

    Descobri só hoje seu site, ele é excelente, parabéns!!! O pouco que li já está me ajudando muito! (Conselho nº 1 - procurar um nutricionista já! rsrs) pena ter demorando tanto...

    Seria possível me ajudar em algumas dúvidas que tenho?

    Descobri a IL a quase um ano (e também síndrome do intestino irritável) faço uso de lactase manipulada, sempre solicitei na mesma farmácia, porém ao comprar pela quarta vez percebi que elas não estão me fazendo bem, fiz o uso de apenas três cápsulas e nas três ocasiões logo após a ingestão senti calafrios, perda de sono e intensas dores de cabeça (como nunca tinha sentido), fiz a queixa a farmácia que irá investigar o que houve já que das outras vezes que manipularam não apresentei nenhum reação.
    Já ouviu falar desse tipo de reação a lactase manipulada?

    Existe alguma lactase em cápsulas sem ser manipulada vendidas em farmácias no Brasil? qual você me sugere?

    É possível saber o nível de intolerância pelo exame?

    Li, não lembro aonde, que o Yakult é probiótico e seria bom para quem sofre de IL, você aconselha? faço uso diariamente sem nenhum tipo de problema. Você aconselha algum medicamento probiótico?

    Desculpa por bombardear você com tantas questões, mas não conheço muita gente que passa pelo mesmo problema que eu, rsrsrs...

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, João!
      Fico feliz de saber que você gostou do blog, muito obrigada!
      Nunca ouvi falar desse tipo de reação a lactase, seria muito bom se você investigasse com um médico as causas desses sintomas, pois não são comuns.
      Eu não sou uma consumidora assídua de lactase, então não vou conseguir te indicar uma marca. A que eu utilizo muito esporadicamente não tem no Brasil ainda, que é o Lactaid Fast Act, um dos mais conhecidos. Em alguns sites há lactase em cápsulas de diversas marcas sendo comercializados (mas não provei nenhum deles para te indicar) e também há a opção do DigeLac, que é na forma de pó e pode ser acrescentado à preparações (www.digelac.com.br).
      No exame não tem como saber qual é nosso nível de intolerância, depois que descobrimos e colocamos o "intestino em ordem" é que vamos provando devagar e sabendo até que ponto conseguimos ingerir o leite e seus substitutos.
      Se o yakult não te dá reação é bacana continuar tomando sim, ele é probiótico e já dá uma ajudinha. Um probiótico mais forte deverá ser recomendado por um nutricionista porque ele necessita saber qual é a sua necessidade de fato para te passar o tipo de probiótico correto, existem diversas cepas e cada uma auxilia em um ponto diferente.
      Não tem problema nenhum mandar bastante perguntas :) O que pode acontecer é eu demorar um pouquinho para responder, mas sempre respondo! :)
      Beijos e quando pesquisar as reações a lactase me conta o desfecho, ok?

      Excluir
    2. Olá, Monalisa

      Obrigado por responder minhas perguntas.
      Em relação a lactase que me fez mal, estou investigando, tudo leva a crer que realmente houve algum erro em sua manipulação, já que fiz em outra farmácia e não apresentei nenhum dos sintomas que tinha relatado aqui.
      Um grande abraço, e quando eu souber o que tinha naquele remédio lhe informo.
      Beijos.

      Excluir
  9. Olá Monalisa! Descobri ontem que tenho alergia a leite, isso é o mesmo que intolerância á lactose? De qualquer forma, leite agora só se for de soja e par falar a verdade eu odeio isso! Meu caso foi um pouco diferente, surgiram coceiras pelo corpo, e inchaço nos olhos e lábios além da sensação de inchaço no estômago, eu tenho hérnia de iato e isso fazia com que me subissem refluxos sempre que comia queijo, tive rinite, dor do lado direito da barriga também mas diarreia não, acho que por que meu intestino sempre foi parado.
    Encontrei seu site hoje e já o coloquei como favorito, minha filha olha meio que desconfiada das receitas serem tão boas quanto as com leite mas vou experimentar, não sei ainda como viver sem consumir leite, vi na intenet algumas receitas com elite de coco mas também sou alégica a coco, estou muito desanimada mas acho que com ajuda do seu site poderei encontrar respostas e ajuda para superar tudo isso!
    Obrigada por essa iniciativa! Beijos!
    Joelma S. Cardoso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Joelma! Alergia a proteína do leite de vaca e intolerância à lactose não é a mesma coisa. Recomendo que você leia este artigo onde é explicado a diferença: http://www.semlactose.com/index.php/2008/02/18/alergia-ao-leite-de-vaca-x-intolerancia-a-lactose/

      No lugar do leite de coco você pode utilizar outros leites vegetais: leite de amêndoas, de aveia, castanha de caju, avelã, entre outros. Para aprender a fazer, veja esta receita aqui: http://www.diariosemlactose.com/2013/04/como-fazer-leite-vegetal-e-ricota-de.html

      Se você tiver alguma dúvida, pode deixar um comentário que sempre respondo, ok?
      O começo não é fácil, mas fique tranquila. Você vai ver que há opções e as receitas são deliciosas sim, mesmo não tendo nadinha de leite. :)

      Grande beijo!

      Excluir
  10. Olá descobri a pouco tempo q tenho intolerancia a lactose e tb sindrome do intestino irritavel, não consigo tomar yakut, to tomando leite sem lactose e leite de soja, já perdi 5 quilos e minha barriga ainda doe muito, muitos gases, to sendo acompanhada por uma nutricionista, mas ela não passou nehum probiotico vc acha q devo pedir a ele q prescreva? adoreio blog. meu nome é nieja mora em alagoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nieja!
      Pergunte para sua nutricionista se ela vê a necessidade de te recomendar algum probiótico. Como ela certamente sabe seu histórico e como você está se sentindo agora, saberá avaliar se há a necessidade ou não. :)
      Grande beijo!

      Excluir
    2. Oi Nieja,

      Também moro em Alagoas, você é de Maceió? aqui em Maceió tem um supermercado chamado Palato, nele há uma seção de produtos sem lactose, queijos (Marcas Sinlact e Verde Campo por exemplo) Iogurtes, etc, vale a pena conferir, além de encontrar leite piracanjuba sem lactose bem mais barato que em outros supermercados.

      A seção de produtos sem lactose encontrei na unidade que fica no bairro Farol, no outro supermercado da rede não sei tem esse seção.

      Abraços e um bom 2014 a todos!

      Excluir
  11. Oi Nieja,

    Também moro em Alagoas, você é de Maceió? aqui em Maceió tem um supermercado chamado Palato, nele há uma seção de produtos sem lactose, queijos (Marcas Sinlact e Verde Campo por exemplo) Iogurtes, etc, vale a pena conferir, além de encontrar leite piracanjuba sem lactose bem mais barato que em outros supermercados.

    A seção de produtos sem lactose encontrei na unidade que fica no bairro Farol, no outro supermercado da rede não sei tem esse seção.

    Abraços e um bom 2014 a todos!

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo blog e muito obrigada por nos ajudar Monalisa! Descobri há poucos dias a minha IL e com seu auxílio tem sido mais fácil conviver com este problema! Um abraço, Suzy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Suzy! Que ótimo que o blog está te ajudando, fico muito contente por isso. Grande abraço e uma boa adaptação para você! Beijão :)

      Excluir
  13. Você poderia indicar uma/um nutricionista? Estou a procura de um bom profissional.

    Grata,

    Sirlei

    ResponderExcluir
  14. Monalisa o médico te falou o porquê das dores do lado direito? Também tenho esse sintoma além de abdômen inchado e muitos gases. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Simone! Nenhum médico deu um diagnóstico específico para essas dores. Hoje em dia só sinto essas dores quando muuuuuito raramente abuso de alguma coisa com leite (mesmo tomando a lactase). Beijos

      Excluir
  15. Nossa, eu passei muito mal até descobrir o que estava acontecendo, tive uma crise fortíssima, com dores incontroláveis, passei dias na cama, fui ao pronto socorro 2 vezes, passei com ginecologistas e clínicos, até tomografia com contraste cheguei a fazer para investigar males maiores, Graças a Deus, procurei um ótimo médico aqui em Jundiaí/SP e ele me pediu a curva de lactose. Tenho 30 anos e, além da Intolerância ter sido descoberta agora, também descobri colesterol alto. Estou tentando engravidar ha 1 ano e 5 meses, tudo de uma só vez... A nutricionista pelo plano de saúde, só consegui para 30/06/14... até lá, estou me adaptando..... Meu contato para troca de ajuda, informações e dicas ju_barbutti@hotmail.com ou no instagram @julianabarbutti Bjos

    ResponderExcluir
  16. Olá Monalisa...Sou Talita, tenho 29 anos e sou de Campinas- SP
    Bom descobri que tenho IL há 2 meses, porem já venho sofrendo há 1 ano com crises e mais crises alérgicas. Em Agosto de 2013, após várias crises de bronquites que me fizeram parar no hospital por varias vezes, descobri ser alérgica a chocolate, coco e amendoim, e após vários exames o alergologista ja havia me avisado pra eu tomar cuidado pois como todos os resultados dos meus exames apontavam que meu organismo estava muito "alérgico", pra eu tomar cuidado pois poderia descobrir outras substâncias que meu organismo rejeitaria.... Bom passado quase um ano de tratamento, começaram as dores abdominais, gases e mais gases abdominais, diarreias, remédios e mais remédios, enfim ate que surge a suspeita, e o teste positivo....IL. Estou na fase de adaptação em minha nada mole vida de restrições, já emagreci 9kg, não é fácil se adaptar a esta nova vida, mais não seguir a dieta correta é muito pior, o mais difícil é quando saímos de casa, pq não é em qualquer lugar que podemos comer, ou quando você vai viajar, esses são os momentos mais difíceis. Mas enfim, Parabéns pelo blog, muitas dicas legais, e receitas ótimas, ( estou conhecendo seu blog hj ainda não deu tempo de ver tudo, não sei se vc conhece os produtos da Casa da Ovelha, eles distribuem para todo Brasil produtos sem lactose, foi minha salvação aqui em Campinas).

    ResponderExcluir
  17. Oi descobri a pouco tempo que minha filhinha de 6 anos tem alergia a leite, fiquei muito triste pois lendo rotulos vi que quase tudo tem essa bendita proteina do leite rsrs, mas com ajuda do seu diario, eu sei que ela não vai passar mais vontade de muita coisa que eu achava q ela n poderia mais comer. Estamos nos adaptando ainda essa nova fase, onde eu moro é muito dificil achar essas coisas diferentes tipo leite condensado de soja e creme de leite de soja , massss leite condensado eu ja dei um jeitinho rsrsrs Com aquele maravilhoso de coco. Adorei encontar esse site, p mim de grande ultilidade já add aos favoritos ;) Ellen Castro, Pimenta Bueno - Ro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, Ellen! Fiquei super feliz com o seu comentário! Muito bom saber que o blog está te auxiliando! Grande beijo e obrigada!

      Excluir

Compartilhe!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner