Slider

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Cinnamon Rolls Sem Lactose

Cinnamon Roll com cobertura de Baunilha


Boa Tarde Pessoal!


Quem acompanha o blog Sem Lactose já viu que hoje foi publicada uma receita de Cinnamon Roll. Eu envie esta receita para eles em primeira mão antes de colocar aqui no blog.
Se você leu a receita por lá, viu o começo da história desse bolinho na minha vida. E agora eu vou colocar o final para vocês. Ele é a prova de que ninguém é perfeito, todo mundo tem seus momentos de recaída.




Esse bolinho de canela chamado cinnamon roll é vendido pela empresa Cinnabon Roll, eles ficam em quiosques nos shoppings. Todo mundo ama. 

Eu só fui conhecer esse bolinho quando eu estava morando em Montreal. Eu morava muito longe do centro e tinha que pegar um trem para ir para casa. 
Só que o intervalo de horários do trem era muito grande no período da tarde, às vezes eu perdia o trem depois de sair da escola e tinha que esperar 1 hora ou mais até o próximo trem. Como não tinha nada para fazer neste período, ia para o shopping. 
Na porta de acesso da estação de trem para o shopping tinha um quiosque do Cinnabon Roll, então toda vez eu tinha que passar por ele e sentir aquele cheiro de canela insuportavelmente delicioso.



Uma sexta feira resolvi prová-lo (como o lactaid não é garantia para mim, escolhi uma sexta para ter o final de semana de "recuperação"), pedi um pequeno com cobertura de caramelo e pecans. Nem preciso falar que amei.
A semana passou e mais uma sexta feira chegou. E lá fui eu de novo comer o tal bolinho. 
Para resumir a história, durante algumas semanas eu tinha a "Sexta-feira Cinnabon", era sagrado, era meu momento de comer o que queria. 
Às vezes eu tinha alguma coisa para fazer no sábado e não podia comprar o bolinho. Eu ficava em desespero, crise de abstinência, rsrs. Como o lactaid nem sempre faz efeito para mim, toda sexta era uma surpresa. Não podia arriscar passar mal e não conseguir cumprir os compromissos. Lembro que até chorei uma vez (TPM) porque eu tinha que viajar e não poderia comer (loucura gente, eu sei... eu sei... hahaha). 



Essa rotina do bolinho só parou no dia que eu decidi me matar (de comer).
Pedi um bolinho grande, com caramelo e pecã, mas achei que o atendente colocou pouco caramelo. Então, passei em uma confeitaria e comprei um pote de caramelo artesanal de 200 gramas. 
Cheguei em casa e coloquei mais da metade do pote em cima do bolinho, esquentei no microondas e comi. O que aconteceu? quase morri. Além de ter que beber litros de água para passar o enjôo de tanto caramelo... Não posso ver caramelo na minha frente até hoje. 
Eu tirei foto desse bolinho porque eu sabia que não ia dar certo, mas mesmo assim queria chutar o balde e comer tudo, fui uma suicida consciente.

A prova do crime em 5 passos:



Agora que estou no Brasil e com um pouco mais de juízo, estava doida para fazer a versão sem lactose (e sem caramelo, pelo amor de Deus). 
O caramelo que vocês estão vendo na foto é feito com creme de leite de soja, então o sabor é diferente. Caramelo verdadeiro nem pensar!
Estão vendo só como ninguém é perfeito? Isso tudo aconteceu antes do blog ser lançado. Depois do blog nunca mais tive uma recaída dessa proporção. 
É um preço muito caro a se pagar, todos os sintomas, diarréia, enjôos... tô fora! Tudo pode ser adaptado, nem sempre fica igual, mas é melhor assim. Nosso corpo agradece! =)



Eu adorei essa versão sem lactose pelo simples fato de que vai banana na massa. Fica muito gostoso! O cheiro deles assando então... hummmm!

Cinnamon Roll versão Sem Lactose
Fonte: Adaptado do site Alisa Cooks, de Alisa Fleming.


Massa
  • 1 pacote de fermento para pão (10 gramas)
  • ½ xícara de leite de soja morno
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de chá de sal
  • ¾ xícara de banana amassada
  • ¼ xícara de creme vegetal ou óleo
  • 1 colher de sopa de açúcar refinado
Recheio
  • ½ xícara de açúcar mascavo
  • 2 colheres de chá de canela em pó
  • 3 colheres de sopa de creme vegetal
Cobertura de Baunilha
  • ¾ xícara de açúcar de confeiteiro
  • 1 a 2 colheres de água
  • ¼ colher de chá de essência de baunilha
Cobertura de Caramelo
  • 2 xícaras de açúcar refinado
  • 2 xícaras de água
  • 200 ml de creme de soja

1. Coloque o fermento e o leite de soja morno em uma vasilha grande e deixe repousar por 5 minutos.  Após este período, acrescente a banana amassada, o açúcar e o creme vegetal ou óleo. Em uma vasilha separada, misture a farinha de trigo, canela em pó e o sal. Agregue a mistura da farinha à mistura do fermento aos poucos, mexendo até formar uma massa homogênea.
2. Sove levemente a massa em uma superfície enfarinhada durante 10 minutos. Se a massa estiver grudando nas mãos, acrescente mais farinha – 1 colher de sopa por vez – até que a massa não grude. Coloque-a em um recipiente untado com óleo e deixe crescer por 45 minutos ou até dobrar de tamanho, em local abafado e quente.
3. Coloque a massa novamente na superfície enfarinhada e deixe descansar por 5 minutos. Enquanto isso, prepare o recheio: misture o açúcar mascavo, a canela em pó e o creme vegetal até formar uma pasta grossa.
4. Abra a massa e forme um retângulo de aproximadamente 30 cm de comprimento por 20 cm de largura. Espalhe o recheio por toda a massa e enrole como um rocambole rolando a partir do comprimento (o recheio vazará um pouco pelos lados). Corte em 10 ou 12 partes iguais. Para um melhor acabamento, corte as pontinhas para que todos os pãezinhos fiquem iguais.
5. Coloque-os em uma assadeira retangular pequena, deixando um pequeno espaço entre eles. Deixe crescer por mais 30 min. Asse-os em forno pré-aquecido (180 graus) por aprox. 20 a 25 min.
Para a cobertura de baunilha: misture o açúcar de confeiteiro, a água e a essência de baunilha até formar uma pasta cremosa. Se necessário, acrescente mais água. Despeje em cima dos pãezinhos.
Para a cobertura de caramelo: em uma panela, misture o açúcar e a água até que o açúcar dissolva. Leve ao fogo médio por aproximadamente 10 min sem mexer. A água vai secar e o açúcar mudará de cor. Quando estiver dourado, retire do fogo e espere parar de borbulhar. Coloque o creme de leite devagar e aos poucos, mexendo constantemente (cuidado! vai espirrar um pouco). Volte ao fogo baixo e deixe cozinhar por mais 3 minutos. Sirva quente.
Eu gostei mais da cobertura de baunilha do que da cobertura de caramelo. 
Os bolinhos perdem um pouco a textura no dia seguinte, é melhor comê-los no mesmo dia e quentinho de preferência.

E você, já teve uma recaída monstro como a minha alguma vez? Deixe seu comentário! 

Bjos! =)

12 comentários:

  1. Recém estou voltando de uma pequena viagem mas a curiosidade me fez ler tudo. Ah! meu deus, isso tá divertido além de muito convidativo, qualquer hora vou fazer a minha experiência também. Tudo sem lactose, claro, a gente sabe no que dá quando cai na tentação..

    ResponderExcluir
  2. Monalisa!!!
    Eu ainda sonho com esse bolinho que eu comi quando fui nos Estados Unidos e nunca mais encontrei igual! E depois de saber que tenho IL, olho para as versões nacionais dele na padaria com aquela cara de criança que perdeu o doce...
    Vou tentar fazer a sua receita, obrigada!! =]

    beijos!
    Paula

    ResponderExcluir
  3. Oi Helo! Faz sim que é muito gostoso! E sai pra lá tentação! rsrs =) Bjos

    Oi Paula! Sei bem como é essa cara viu! rsrs E não vou te enganar, igualzinho ele não fica, já que a quantidade de manteiga que o Cinnabon usa é muuuuuito grande e o creme vegetal não consegue fazer o mesmo papel. Eu prefiro mais essa receita sem lactose do que o original, o sabor da banana dá aquele UP sabe. Eu adorei, me acabei de comer quando eu fiz. rsrs Espero que goste, se fizer me conta! =) Bjoss

    ResponderExcluir
  4. Morri de rir com a estória do caramelo! Já passei muito mal várias vezes por conta do olho maior que a barriga, daí o nome do meu blog ser Pecado da Gula! rssss
    Depois de um problema de saúde onde emagreci até parecer uma anoréxica, fiquei mais controlada mas vez ou outra ainda tenho umas recaídas! rsss
    Adorei esta massa com banana! Por acaso comprei ontem umas bananas nanicas e se o santo padeiro baixar por aqui, testarei em breve! Depois te conto!

    ResponderExcluir
  5. Olá Akemi! Essa vez eu realmente exagerei viu, credo, me dá arrepios só de lembrar do caramelo! E antes de descobrir que eu tinha intolerância a lactose peguei o mesmo horror que tenho com caramelo com a nutella. Comi metade de um pote com sorvete de morango (daqueles doooooooces que dói). Nunca mais consegui comer também. Hoje em dia é até bom pq eu não sinto vontade já que não poderia comer mesmo por causa do leite. rsrsrs
    Dá-lhe pecado da gula viu! rsrs
    Me conta sim se fizer, espero q goste! =)
    Bjosss

    ResponderExcluir
  6. Oi, Monalisa! Acabei de fazer os cinnamon rolls e ficaram uma díliça! :)
    Semana que vem vou postar a receita devidamente creditada! Obrigada pela sugestão maravilhosa! Bjs e um ótima semana para vc!

    ResponderExcluir
  7. Oi Akemi! Fico super feliz que vc tenha feito a receita e gostado! =) Obrigada por ter vindo me contar! Vai ser uma honra ver essa receita no seu cantinho! Um grande beijo e boa semana pra vc tbm! =)

    ResponderExcluir
  8. A última vez que tive uma recaída, nem sabia o que estava fazendo. Não havia indicação na caixa, na época, de traços de leite, e comi uma caixa inteira de biscoito champanhe, foram 3 dias internada no soro, sem comer, tive alta no dia 31 de dezembro - ou seja, quase virei o ano novo em um quarto de hospital. Dps dessa restringi ao máximo produtos industrializados cuja embalagem não é clara e sempre peço para alguém provar para mim antes.

    ResponderExcluir
  9. Monalisa para mim o lactaid e outras lactazes também não funcionam, só que o problema é que quando eu como lactose eu não passo mal só no dia eu fico a semana toda com os "sintomas". Então eu evito ao máximo comer lactose, isso só acontece quando eu não sei que tem.
    Adoro o seu blog, pois me dá muitas receitas e opções para melhorar a minha alimentação
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Já tive várias recaídas assim. Eu tenho alergia a proteina do leite de vaca e às vezes tomo corticoide para comer o que não posso. Eu confesso!
    Agora acompanhando esse blog vejo que minha vida pode ser muito menos sofrida. =]
    Nessa semana, minha mãe fez o bolo de chocolate com café com ganache de castanha de caju e chocolate que você postou aqui no blog, e ficou maravilhoso.
    Minha mãe fez também a receita de um bolo que leva leite de coco no lugar do leite e que fica maravilhoso e bem molhadinho.
    Infelizmente, a briga agora é com a balança, pois ganhei peso com essa comilança toda.. kkkkkkkkkkk
    Esse site é uma tentação.
    Adoro todas as receitas.
    Um abraço e felicidades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. George, momento super confissão hein! rsrs
      Fiquei contente de saber que você gostou do bolo! =) Não briga com a balança não, temos que viver em harmonia com ela e ser feliz! Muito obrigada pelo seu comentário, adorei! Grande Bjo!

      Excluir
    2. Agora vou tentar fazer o iogurte. Aqui em Aracaju só acho o da Batavo.
      bjooo

      Excluir

Compartilhe!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner