Slider

sábado, 22 de setembro de 2012

Batatas (quase) Duchesse


Olá Queridos!

Quem acompanha a fan page do blog no Facebook viu que essa semana eu postei essa foto.
Uma das matérias na minha faculdade esse semestre é sobre infância e adolescência e na última aula preparamos pratos para escolares e pré-escolares. Eu e meu grupo fomos escolhidos para preparar o almoço dos pré-escolares e o resultado foi esse: arroz verde com agrião, tomates cerejas (são peixinhos, vejam que colocamos até as bolhinhas de ar feitas com salsinha bem picada, rs), hambúrguer em formato de coração temperado com zátar (ficou maravilhoso) e batatas duchesse. De sobremesa tartalete de uva.

Eu achei as batatas duchesse tão lindas que resolvi fazer em casa. É super simples de preparar, a única coisa de diferente que você vai precisar é um bico de confeitar estrela no tamanho grande. As minhas batatas ficaram quase duchesse porque meu bico estrela é super pequeno, então elas não ficaram lindonas como as que fizemos na aula.

Essas batatas são tudo o que criança quer: são bonitas e apetitosas, macias e super fáceis de mastigar e para crianças que ainda não tem habilidade com os talheres, é possível pegá-las com as mãos. Mas o melhor de tudo mesmo é o sabor, uma delícia!


Batatas Duchesse - Sem Glúten, Sem Lactose

500 gramas de Batata
2 Gemas
1 Ovo
2 colheres de sopa de Creme Vegetal
Sal, Pimenta do Reino e Noz moscada moída a gosto (não coloquei noz moscada)

1. Descasque as batatas e corte-as em 4. Coloque para cozinhar a partir de água fria com um pouco de sal até ficarem bem macias;
2. Esprema muito bem as batatas (se deixar algum pedacinho, pode entupir o bico de confeitar);
3. Quando as batatas estiverem mornas, adicione as gemas ligeiramente batidas com um garfo, o creme vegetal, o sal, pimenta do reino e noz moscada.
4. Passe a massa para uma manga de confeitar e em uma assadeira forrada com papel manteiga faça as batatinhas: comece fazendo a base em caracol e vá subindo, como se fosse fazer a cobertura de um cupcake.
5. Leve para assar em forno médio pré-aquecido por aproximadamente 10 minutos. Verifique se as batatas já estão firmes. Se estiverem, retire do forno e pincele todas as batatas com o ovo ligeiramente batido com um garfo. Volte as batatas ao forno até dourarem.

Rendimento: Consegui 35 batatas pequenas.

O resultado é uma batata dourada e crocante por fora e macia por dentro. Amei!


Quem fizer, volte aqui para me contar! 

Beijos e Ótimo Final de Semana à Todos! =)


6 comentários:

  1. Oi Monalisa, ficaram lindas e parecem deliciosas.
    Costumo fazer com mandioquinhas (batata baroa), também fica fantastica.Beijos querida e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. Eu fiz, Monalisa!

    A única diferença é que coloquei um monte de cheiro verde e temperos na massa. Acabou virando um dos petiscos favoritos aqui de casa.

    ResponderExcluir
  3. Experimentei fazer algumas receitas daqui e é o seguinte: Muito obrigada! Ficaram ótimas. Delicioso bolo de amendoim, bolo de chocolate e pudim de leite de côco! Este foi devorado! Não, acho que o bolo amendoim acabou mais rapido, ele desapareceu, rsrsrs.
    Mas tem uma observação importantissima: o pudim nao pegou consistencia enquanto nao cobri, entãoi, precisa cobrir sim, ele ja estava por duas horas e só ficou bom depois de mais trinta minutos com uma tampa furadinha. Só um pequeno detalhe.
    E o mais importante é que o meu amigo que é totalmente alergico a lactose me surpreendeu comentando: o melhor de tudo é que comi um pudim maravilhoso sabendo que nao me faria mal, com a sensação de que to fazendotudo que sempre quis!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cinthia! Fico imensamente feliz de saber sobre o seu amigo, esse é o propósito do blog! :)
      Quanto ao pudim, te respondi no outro comentário, mas acho melhor responder aqui também caso você não vejo o outro. Eu nunca fiz o pudim tampado e ele sempre deu consistência. Mas agradeço a sua observação, tenho certeza que será útil aos demais.
      Alguns leitores já tiveram problemas para firmar o pudim, porém na maioria das vezes foi o uso de ovos muito pequenos (já que o ovo é quem dá a estrutura a esse pudim) e também o fato de terem peneirado o ovo inteiro, dessa forma muito ovo ficou retido na peneira e assim houve uma dificuldade maior para firmar.
      Fico feliz que no final deu tudo certo e que seu amigo gostou! Muito obrigada! :)
      Grande beijo!

      Excluir
  4. Ola, ja fiz uma receita,mas não essa sua e a batata derreteu, chapou no fundo da forma, achei q fosse por causa da manteiga, mas agora q olhei sua receita, acho q foi o leite, vou tentar fazer essa sua receita. Tem muita vontade de fazer uma cestinha e colocar carne cozida dentro.

    ResponderExcluir

Compartilhe!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner