Slider

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Waffle Doce e Salgado Sem Glúten e Sem Leite

 
A leitora Sabrina Malichesqui Leite me mandou uma receita de waffles há um tempão atrás. Como na época eu não tinha a máquina para fazê-los, fiquei na vontade e guardei a receita. Recentemente comprei uma sanduicheira que também vem com placas para waffles e fui toda contente fazer a receita da Sabrina.

Resultado: novo vício!
Que delícia! A receita enviada pela Sabrina é doce, eu fiz uma versão salgada para variar, com orégano e o vício só piorou, rs.

 
As fotos acima são da versão doce. Abaixo da versão salgada.
 
Waffles Sem Glúten e Sem Lactose
Fonte: receita enviada pela leitora Sabrina Malichesqui Leite.
 
2 ovos (tirar a pele da gema)
1 xíc. (chá) de polvilho azedo
1/3 xíc. (chá) de óleo vegetal
1/3 xíc. (chá) de açúcar (utilizei demerara)
1/2 c. (café) de sal
1 c. (sopa) rasa de fermento químico (utilizo 1 colher de chá)
2 a 3 c. (sopa) de água (colocar aos poucos até sentir que a massa ficou mais líquida)
 
1. Misture todos os ingredientes.
2. Ligue a máquina e espere aquecer. Coloque 2 c. (sopa) da massa e ajude a espalhar entre os favor, o suficiente apenas para fazer uma camada fina, evitando assim que a massa entorne ao aquecer.
3. Tampe a máquina sem travar para que a massa tenha espaço para crescer, o waffle ficará pronto entre 3 a 5 minutos. Deixe até começar a dourar e retire com uma espátula. Dessa forma ele terá uma crosta crocante por fora e macio por dentro.
Geralmente é preciso untar só na primeira leva de waffles.
 
Para a versão salgada: omita o açúcar, coloque 1 c. (chá) de sal e orégano à gosto. Diminuí o fermento para 1 c. café.

 
Quentinho com um café não tem nada melhor!
Muito obrigada, Sabrina! Demorei, mas fiz! :)

 
Beijos e Ótima semana!

25 comentários:

  1. Olá! Voce poderia me informar se esse fermento é o royal pó ou o quimico para pães em pó?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Letícia! Para essa receita usamos o fermento químico em pó (que é o Royal), usado para bolos, tortas, etc.
      O fermento para pães é o biológico, que pode ser encontrado seco (em pó) ou fresco .
      Beijos

      Excluir
  2. não precisa bater a massa? apenas misturar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, anônimo! Só misturar, conforme descrito na receita. Beijos

      Excluir
  3. Olá! Adorei a ideia! Tentarei assim que puder, vocês poderiam falar qual máquina compraram??
    Muito Obrigada!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! É uma sanduicheira que vem com placas para waffle da Philco.
      Beijos

      Excluir
  4. Olá, boa tarde.
    Acabei de fazer para minha filha...ela adorou !!!! E eu tb...rsrs.
    Coloquei mais água do que o que foi descrito aqui. Na verdade, coloquei no "olhômetro" até ficar uma massa homogênea e parecida com a de bolo.
    Abraços, Andréa.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Sabe me dizer um substituto para o polvilho, que não seja farinha de trigo nem de arroz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clarissa! Infelizmente não sei um substituto que dê a mesma textura que o polvilho oferece. É melhor você preparar outra receita sem polvilho, como por exemplo essa aqui: http://temperaria.com.br/waffles-caseiros-sem-gluten-e-sem-lactose/
      Beijos

      Excluir
  6. Que delícia de receita!! Na verdade descobri duas em uma, pois se deixar pouco tempo fica deliciosa como waffle, se deixar mais fica fritinho igual aqueles biscoitos de polvilho!!! Meus parabéns!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que gostoso! Da próxima vez que fizer vou deixar mais tempo! Obrigada pela dica e pelo seu retorno. Beijão

      Excluir
  7. Oi Monalisa! Gostaria de deixar uma dica: se não tiver polvilho azedo, dá para usar 3/4 de xicara de polvilho doce , 2 colheresq de farinha de arroz e duas colheres (sopa) de amido de milho. Fiz esta substituição com receio de que ficasse muito mole somente com polvilho doce, deu certo. Ficou igual ao polvilho azedo! Detalhe, fiz salgado, não coloquei nada de açucar!
    Abraço!
    Marcia

    ResponderExcluir
  8. Oi, Monalisa!
    Testei essa receita e também virou um vício pra mim! Já perdi a conta de quantas vezes eu fiz. Eu só tive algumas variações a depender da marca do polvilho (o da Yoki e do Amafil ficaram bons, mas o da nipon, não; não sei se dei azar com um lote ruim, mas o cheiro era muito azedo e persistia após o cozimento).
    Nossa, sem palavras como fiquei feliz com essa receita. Afora variações com a marca de polvilho, essa receita sempre dá certo. E é tão rápida!
    Obrigada, Monalisa, por divulgar essas receitas que podem nos salvar depois de um dia cansativo!
    E obrigada à Sabrina também por compartilhar a receita!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Oi querida poderia substituir o ovo por alguma outra coisa? Bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernanda! Infelizmente ainda não testei essa receita sem os ovos, não saberei te dizer. :( Beijos

      Excluir
  10. Não tenho costume de comentar as receitas, mas essa eu preciso deixar meu parecer. Eu sempre tive a minha máquina e já testei milhares de receitas e nada que me agradasse tanto como esta. É melhor ainda que não tem glúten. Adorei. Detalhe que ainda esqueci de colocar a agua. Mas ficou muito boa.

    ResponderExcluir
  11. Olá.. pode substituir o polvilho azedo pelo doce?? Obg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jadde! Tem um comentário logo acima onde a leitora diz que fez com polvilho doce e deu certo, dá uma olhada. Beijos

      Excluir
  12. Olá! Como fazer a receita pra quem não tem a máquina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alexia! Você pode fazer pequenas panquecas na frigideira. Pinga pequenas porções da massa, deixa dourar e vira. O formato vai mudar, mas ficará saboroso. Beijos

      Excluir

Compartilhe!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner