Slider

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Molho de cogumelos



Olá, Queridos!

Quem me segue no Instagram (@diariosemlactose) pôde ver essa semana a linda foto do risoto de mix de cogumelos e filé mignon que o sub chefe Michael Cruz fez para mim. 
O Mike e eu trabalhamos juntos e de vez em quando eu abuso e peço o risoto que ele faz sem nada de lactose, só com azeite, caldo de legumes caseiro e muita força no braço para ficar sacudindo a sauteuse e gerar a cremosidade necessária. Pensa em uma pessoa que cozinha com alma e que tem uma energia incrível? Esse é o Mike! A citação no final do post é dedicada especialmente pra ele.   
O mix de cogumelos que adicionamos ao risoto é uma delícia e super versátil, vale a pena fazer e congelar em pequenas porções no freezer para usar sempre que der vontade. Veja no final da receita algumas sugestões de como utilizá-lo. ;)


Molho de Cogumelos
Fonte: ligeiramente adaptado da receita do sub chefe Michael Cruz. 
Para o molho ser "Michael's style" não pode faltar: louro, tomilho e molho de soja. 

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem leite, glúten e ovos. Contém soja.

400g de shimeji escuro e 200g de shimeji (ou 600g de mix de cogumelos - shimeji, shitake e paris, por exemplo)
3 colheres de sopa de azeite de oliva
3 dentes de alho amassados
1 cebola média picada
3 folhas de louro
1 colher de sopa de tomilho (usei desidratado) 
6 colheres de sopa (ou a gosto) de molho de soja*
1 colher de sopa de amido de milho
3 colheres de sopa de água


Separe os raminhos do shimeji e lave rapidamente em água corrente (eles absorvem muita água, então nada de encharcá-los!). Coloque em cima de um pano de prato para secar. 
Aqueça uma panela grande com capacidade para comportar todos os cogumelos. Coloque o azeite e o alho e aguarde começar a dourar. Acrescente a cebola. Quando ficar translúcida, coloque os cogumelos e mexa bem, aguarde a água dos cogumelos soltar. Coloque o louro, tomilho e o molho de soja aos poucos, prove e se necessário, acrescente mais. Deixe cozinhando por aproximadamente 15 minutos, quando os cogumelos estiverem cozidos e com o sabor das ervas e molho de soja, misture a parte o amido de milho na água até dissolver e despeje na panela. Mexa até o molho ficar cremoso.  

Onde pode ser utilizado?
Em massas, risotos, como cobertura de bruschettas, como molho para carnes e o que mais sua criatividade permitir. 

*molho de soja
Os molhos de soja (shoyu) que encontramos nos supermercados contém aromatizante, corante e glutamato monossódico, três itens totalmente dispensáveis para nossa saúde. A dica é que há marcas que não contem esses ingredientes e que são fabricadas através do processo de fermentação natural, como a marca Daimaru, que é um molho de soja macro, contém apenas soja, milho e sal. A quantidade de sódio ainda é alta porque o sal faz parte do processo de fabricação, então deve ser usado com cautela e não há a necessidade de incluir sal a parte na receita. Encontro para comprar nos mercados orientais no Bairro da Liberdade (em São Paulo) e também já vi para vender em muitas lojas de produtos naturais.


"Não são os temperos, 
tampouco a técnica utilizada 
que identificam o sucesso de uma receita. 
É simplesmente o amor, 
o carinho e a sensibilidade 
que se transmutam 
em forma de sabor". 
Marina de Carvalho Mendes


Gratidão,

Monalisa Cavallaro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner