Slider

domingo, 23 de abril de 2017

Bolo de Laranja Apaixonante!



Estou apaixonada por esse bolo! Foi o melhor bolo de laranja sem glúten e lactose que comi nos últimos tempos! :)
As rodelas de laranja dão um charme todo especial, mas é preciso cortá-las bem fininhas porque a parte branca da casca amarga, então capricha no corte! 
Aproveitei as cascas das duas laranjas que utilizei para fazer o suco e preparei casquinhas de laranja cristalizadas, usei para enfeitar e guardei o restante para servir na hora de tomar café. A receita das casquinha aparecerá por aqui ainda essa semana!
E para a minha surpresa, o bolo estava ainda mais gostoso no dia seguinte. Guardei em um pote fechado, a textura se manteve e o aroma potencializou.
Façam, façam, façam! <3


Bolo de Laranja

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem leite, glúten e soja. Contém ovo.

1 1/2 xícara de chá de farinha de arroz
1/2 xícara de chá de amido de milho
2 colheres de sopa de farinha de amêndoas
1 xícara de chá de açúcar demerara
1 colher de sopa de raspas da casca da laranja (não raspar a parte branca!)
1 xícara de chá de suco de laranja
1/2 xícara de chá de óleo
3 ovos
1 colher de sopa de fermento em pó
5 rodelas finas de laranja + 3 colheres de sopa de açúcar demerara (opcional)
Açúcar de confeiteiro para decorar (opcional)

Misture a farinha de arroz, o amido de milho, a farinha de amêndoas, o açúcar demerara e as raspas.
Em outra vasilha, misture o suco de laranja, o óleo e os ovos. Despeje na mistura de farinhas e mexa bem até ficar homogêneo. Por último, acrescente o fermento e misture.
Unte uma forma com furo no meio (20 cm de diâmetro - para ficar um bolo alto e lindão) com um pouco de óleo. Espalhe as 3 colheres de sopa de açúcar demerara no fundo da forma e coloque as rodelas de laranja lado a lado. 
Despeje a massa e asse em forno médio preaquecido (180 graus) por 40 minutos (fique atento, o tempo de forno pode variar - faça o teste do palito).
Desenforme ainda morno e polvilhe açúcar de confeiteiro.


Com amor,

Monalisa Cavallaro

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Aula de Doces e Palestra no Rio de Janeiro


Olá, Queridos!


No dia 13 de Maio (sábado) estarei novamente no Rio de Janeiro no Ateliê Bendita Panela para dois eventos: uma aula e uma palestra!
Se você sentir afinidade comigo e com o meu trabalho, te convido a participar! Tudo está sendo preparado com muito carinho, será um dia repleto de delícias e de conhecimento para o corpo e para a alma!

A palestra será inaugural sobre o trabalho que já realizo aqui em São Paulo, mas que ainda não divulguei no blog.
Como muitos sabem, sou Nutricionista. Com o passar do tempo senti a necessidade de ampliar o meu trabalho, buscando outras formas de auxiliar os pacientes e principalmente a mim mesma.
Com isso, surgiu a terapia. Hoje além de trabalhar com os aspectos físicos, abordo também os aspectos emocionais e com isso consigo ter uma abordagem integrativa.
Essa é a minha missão de alma, já realizo esse trabalho em São Paulo há alguns meses e é algo que estou focada e que me realiza! 
Em breve vou lançar o meu perfil nas redes sociais e divulgo para vocês. Quem participar da palestra saberá de tudo em primeira mão. ;)

Para quem não frequenta o blog e não me conhece, aqui vai um breve resumo de quem sou eu:

Quem sou eu?
Sou a Monalisa Cavallaro, terapeuta certificada Thetahealer© com especialização em Ritmo e Peso Perfeito, reikiana e terapeuta corporal tântrica formada pelo Centro Metamorfose. Também atuo como Nutricionista, sou intolerante à lactose e autora do blog para alérgicos e intolerantes alimentares "O Diário de Receitas Sem Lactose" (www.diariosemlactose.com). Além disso, amo ministrar cursos e aulas de culinária! Meu objetivo é unir minhas duas paixões e assim cuidar do corpo e da alma.

As inscrições já estão sendo realizadas online através do site do Ateliê Bendita Panela.

Coloco abaixo a descrição de cada um deles:


Pela manhã teremos uma aula de doces sem glúten e sem lactose. Serão 3 deliciosas receitas com chocolate, vamos degustar juntos e trocar muitas ideias: 

- Bolo de chocolate a base de quinoa recheado com creme de avelã;
- Tortinha mousse de chocolate;
- Trufa de chocolate.

Horário: 10h30 as 13h00
Valor: R$100,00


Palestra: Nutrindo corpo e alma através do Thetahealing©.

Venha conhecer a técnica de cura energética Thetahealing© e participar de uma vivência em grupo. A terapeuta e nutricionista Monalisa Cavallaro explicará os conceitos do Thetahealing© e abordará os principais bloqueios e crenças limitantes relacionados à alimentação como: perda ou ganho de peso, intolerância e alergias alimentares, falta de vontade e disposição para se alimentar de maneira saudável, falta de aceitação ou de pertencimento com o próprio corpo.

O que é Thetahealing©? É uma técnica de cura energética que identifica padrões e crenças limitantes que causam bloqueios e afetam diversas áreas da vida (emocional, física, espiritual, profissional, etc.). Após a identificação, essas crenças são limpas e substituídas por crenças positivas para que seja liberado todo o potencial e capacidade de co-criação naturalmente presente em todos nós.

Horário: 15h00 as 16h30
Valor: R$35,00

Inscreva-se através do site do Bendita Panela clicando aqui

Se você ficou com dúvidas, me escreva no e-mail contato@diariosemlactose.com

Com amor,

Monalisa Cavallaro

domingo, 16 de abril de 2017

Bisnaguinha de Beterraba



Olá, Queridos!

A minha prima de Minas Gerais veio para São Paulo passar o feriado conosco e me trouxe algumas delícias da horta da casa dela. Assim que olhei para a beterraba senti o sabor de um pão, rs. Então lá fui eu colocar em prática o desejo.
Usei a receita da massa para salgados que é super prática e não precisa sovar e nem esperar crescer.
Por isso, se você quiser pode usa a mesma receita para fazer esfihas ou calzones de beterraba. :)

E como não poderia faltar, close da parte interna só porque ela é maravilhosa!!!


Pão de beterraba

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem leite, sem ovo, sem soja. Contém glúten.

1 xícara de chá de purê de beterraba morno *ver observação abaixo
1/4 xícara de chá da água morna de cozimento da beterraba
1/2 xícara de chá de óleo
1 colher de sobremesa de açúcar demerara
1 colher de chá de sal
1 sachê de fermento biológico seco
300 g de farinha de trigo
200 g de farinha de trigo integral

*purê de beterraba: cozinhei 250g de beterraba na água e depois bati somente a beterraba no mixer até formar um purê. Rendeu exatamente 1 xícara de chá.

Misture o purê de beterraba e a água ainda mornos. Acrescente o óleo, o açúcar e o sal. Mexa bem.
Coloque o fermento e misture. Acrescente a farinha aos poucos, mexendo bem a cada adição. A massa deve ficar macia e lisa. Se for preciso, acrescente um pouco mais de farinha (não tive necessidade de acrescentar, mas sinta como estará a sua massa).
Não é preciso sovar, apenas misture e amasse até que fique uma massa homogênea.
Unte uma assadeira com óleo e preaqueça o forno na temperatura média (180 graus).
Separe a massa em 15 porções de 60g cada. Modele bisnaquinhas ou outro formato que desejar. Acomode lado a lado. Se quiser, coloque por cima sementes de chia. Não precisa esperar crescer.
Asse por 40 minutos (acompanhe durante esse período, o tempo pode variar de forno para forno).


Com amor,

Monalisa Cavallaro

domingo, 9 de abril de 2017

Cupcake de Cenoura sem farinha com Cobertura Laranja



Olá, Queridos!

A Páscoa nem chegou, mas minha cota de chocolate já se esgotou. Esse ano fui organizada, encomendei três ovos com antecedência, já comi dois e portanto, preciso me restabelecer. 
Para quem não viu, divulguei na Fan Page e no Instagram (@diariosemlactose) as fotos dos ovos e deixei o contato da confeiteira Hevelyn Mori - recomendo com louvor! <3
Por isso, optei por esses cupcakes de cenoura que não contém farinha na massa e ficam incrivelmente deliciosos. E para complementar fiz e essa cobertura laranja que nada mais é do que doce de cenoura! Fica bem chamativa e combina super bem!
Espero que gostem! :)


Cupcake de Cenoura
Ligeiramente adaptado do blog Texamerin.

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem glúten, leite e soja. Contém ovos.

1 1/4 de xícara de farinha de amêndoas (ou amêndoas batidas no processador - fiz dessa forma)
2 colheres de sopa de coco ralado não adoçado
1 colher de chá de canela em pó
1/2 colher de chá de gengibre em pó
1/2 colher de café de cravo em pó
1/2 xícara de chá de cenoura ralada fino
2 ovos
1/3 xícara de chá de óleo
1/3 xícara de chá de mel
1 colher de chá de extrato de baunilha
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio

Misture a farinha de amêndoas, o coco ralado, a canela, o gengibre, o cravo e a cenoura ralada. Reserve.
Em outro recipiente, misture os ovos, o óleo, o mel e o extrato de baunilha. Despeje na mistura de ingredientes secos e mexa até ficar homogêneo. Por último, coloque o bicarbonato de sódio e misture.
Unte as formas de cupcake com óleo e enfarinhe com farinha de arroz. Despeje a massa em 8 cavidades.
Asse em forno médio preaquecido (180 graus) por 15 a 17 minutos. Deixe esfriar completamente para colocar a cobertura.

Cobertura laranja de doce de cenoura

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem glúten, leite, ovos e soja.

4 cenouras pequenas descascadas (350 gramas)
1/2 xícara de chá de açúcar demerara

Corte as cenouras em rodelas grossas e cozinhe no vapor até ficar bem macia.
Bata no liquidificador ou com um mixer até virar um purê.
Despeje em uma panela com o açúcar e cozinhe por 15 minutos. Coloque na geladeira para esfriar.
Depois de frio, coloque em uma manga de confeitar e faça desenhos do topo dos cupcakes conforme a sua criatividade. :) 


Com muito amor,

Monalisa Cavallaro

domingo, 26 de março de 2017

Bolo de Banana e Fécula de Batata



Se você estiver procurando um bolo rápido e simples para o café, que não exige mistura de farinhas e grandes habilidades, essa receita é para você!
Essa receita roda a blogosfera por ir somente fécula de batata e geralmente a gordura utilizada é manteiga (ou manteiga ghee nos casos de intolerância à lactose). 
Eu usei óleo em menor quantidade e gostei bastante da textura. No dia seguinte dá uma ressecada inevitavelmente, mas para comer no dia e de preferência quentinho, fica perfeito!

Bolo de Banana e Fécula de Batata

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem leite, glúten e soja. Contém ovos.

3 ovos 
1/2 xícara de chá de açúcar demerara
100 ml de óleo
1 xícara de chá de fécula de batata
1 colher de sobremesa de fermento químico em pó
2 bananas maduras + 3 colheres de sobremesa de açúcar demerara

Separe as claras e as gemas. 
Misture em uma vasilha as gemas, o açúcar, o óleo e a fécula. 
Bata as claras em neve e incorpore na mistura aos poucos delicadamente. 
Por último acrescente o fermento. Reserve.
Corte as bananas em rodelas. Coloque as 3 colheres de sobremesa de açúcar em uma forma de furo no meio (20 cm de diâmetro) e leve ao fogo para caramelizar. Assim que o açúcar derreter e atingir uma coloração dourada, retire do fogo e espalhe as rodelas de banana lado a lado. Despeje a massa e asse em forno médio (180 graus) por 30 a 40 minutos (faça o teste do palito).
Quando retirar do forno, passe uma faca nas laterais para desgrudar e desenforme ainda quente. 

Observação: não vai nenhum líquido na receita mesmo. É estranho, mas dá certo. :) 


Com amor,

Monalisa Cavallaro

quinta-feira, 16 de março de 2017

Tomates recheados com frango cremoso


Uma imagem vale mais que mil palavras! Essa é a frase que define a receita de hoje!
Acho tomate assado algo super saboroso por si só, mas recheado dessa maneira ficou espetacular! Gostei tanto, mas tanto, que 2 tomates “sumiram” antes mesmo de eu conseguir tirar a foto… rs.
Uma sugestão super fácil, prática e que atrai a atenção na hora da refeição. Experimente e depois volte aqui para me contar! :)



Tomates recheados com frango cremoso


Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem lactose, glúten, ovos e soja. Contém leite.


6 tomates grandes e maduros
2 xícaras de peito de frango cozido e desfiado*
meia xícara de milho cozido (ou milho em conserva)
meia cebola pequena cortada em cubinhos
meia xícara de amêndoas laminadas
Sal, pimenta preta e azeite de oliva a gosto
2 colheres de sopa de orégano


Corte uma tampa nos tomates e retire a polpa com a ajuda de uma colher de chá. Faça com delicadeza para não furar a polpa. Tempere o interior com azeite, sal e pimenta. Reserve.
(obs. se necessário, corte uma tampinha na base do tomate para que ele fique de pé. Cuidado para não furar a polpa).
Misture o frango desfiado, o milho, a cebola e o requeijão e tempere com sal e pimenta.
Unte uma assadeira com um pouco de óleo. Acomode os tomates, distribua o recheio dentro deles e coloque as amêndoas por cima. Polvilhe orégano e despeje um fio de azeite em cada um.
Asse em forno médio (180 graus) preaquecido por 25 minutos.


*Você pode aproveitar o frango de outra receita, como por exemplo, a sobra de um frango assado. Eu cozinhei um peito de frango na água com sal, desfiei e depois piquei mais um pouco com a faca. A água do cozimento utilizo em sopas, molhos e caldos ou congelo para uso posterior.



Se você ainda tem dúvidas de onde encontrar os produtos Itambé Nolac na sua cidade, acesse aqui.
Conheça todos os produtos da linha Nolac e aproveite!


Com amor,


Monalisa Cavallaro

*Post Patrocinado

segunda-feira, 13 de março de 2017

Pannacotta de Frutas Amarelas




Uma sobremesa refrescante e com sabor delicioso! A combinação de maracujá, manga e pêssego, tanto no iogurte como na calda, tem um sabor especial! Se você adora sobremesas de frutas essa receita é para você!


Pannacotta de Frutas Amarelas

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem lactose, glúten, ovos e soja. Contém leite.

2 colheres de sobremesa de açúcar demerara
1 colher de sopa de suco de limão
1 colher de sopa rasa de gelatina em pó sem sabor + 3 colheres de sopa de água

Bata no liquidificador ou mixer o creme de leite, o iogurte, o açúcar e o limão.
Dissolva a gelatina na água e aqueça por 15 segundos no microondas. Despeje no liquidificador e bata por alguns segundos.
Coloque em taças individuais e leve para gelar por pelo menos 2 horas.

Calda de Frutas Amarelas

1 maracujá pequeno
1/2 manga média cortada em cubos
1 pêssego sem pele cortado em cubos
1 colher de sobremesa de açúcar demerara

Reserve 3 colheres de sopa da polpa do maracujá. Passe o restante por uma peneira, tire o máximo de suco e descarte as sementes. Coloque todos os ingredientes em uma panela em fogo baixo e deixe a calda apurar. Quando as frutas estiverem macias, pressione dentro da panela com a ajuda de um garfo para ficarem na forma de purê. Aguarde esfriar e coloque um pouco de calda em cada taça.


Experimente e conheça toda a linha de produtos Itambé Nolac clicando aqui.
Me siga nas redes sociais Instagram, Facebook, Twitter e fique por dentro das receitas semanais!

Com amor,

Monalisa Cavallaro

*Post Patrocinado

sexta-feira, 10 de março de 2017

Creme de couve flor e brócolis com iogurte


A sugestão de hoje é um creme aromático saboroso que sustenta bastante! Se acompanhado de uma porção de salada torna-se uma ótima opção para aqueles dias em que não queremos passar muito tempo na cozinha, mas também não queremos abrir mão de comer bem.
Experimente e depois volte aqui para me contar! :)


Creme de couve flor e brócolis com iogurte e manjericão

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem lactose, glúten, ovos e soja. Contém leite.

150g de couve flor
150g de brócolis
8 folhas grandes de manjericão
1 unidade de iogurte natural Itambé Nolac desnatado
1 colher de sopa de azeite de oliva
1/2 cebola média picada
2 dentes de alho amassados
Sal e pimenta preta a gosto
1/4 xícara de amêndoas torradas (laminadas e/ou inteiras)

Cozinhe a couve flor e o brócolis no vapor até ficar macio. Bata no liquidificador com o manjericão e iogurte.
Coloque em uma panela o azeite e o alho. Aguarde alguns minutos e acrescente a cebola. Cozinhe até ficar macia. Acrescente a mistura do liquidificador, aguarde aquecer e tempere com sal e pimenta preta. Sirva com as amêndoas, um fio de azeite e enfeite com folhinhas de manjericão.

Observação: se não gostar dos pedacinhos da cebola, primeiro cozinhe o alho e a cebola e bata junto com os demais ingredientes no liquidificador. Volte para a panela apenas para aquecer.


Perdeu alguma receita com os produtos Itambé Nolac? 
Confira todas as receitas que já passaram por aqui:



Com amor,

Monalisa Cavallaro

*Post Patrocinado

segunda-feira, 6 de março de 2017

Rocambole de doce de leite com ameixa


A combinação doce de leite e ameixa me lembra aqueles bolos de aniversário das festas de antigamente. A princípio tinha uma certa resistência por parte da criançada por não ter chocolate, mas depois de provar a primeira garfada todo mundo pedia mais, rs. 
Ao invés de bolo preferi fazer um rocambole super prático com a massa sem glúten. A textura parece uma nuvenzinha de tão macia, não quebra e descola fácil fácil do papel manteiga. Segue o passo a passo que não tem erro! ;)


Rocambole de doce de leite com ameixa

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem lactose, glúten e soja. Contém leite e ovos.

Recheio:
1 lata de leite condensado Itambé Nolac
6 ameixas em calda picadas + a gosto para decoração

Coloque a lata de leite condensado dentro da panela de pressão. Encha de água até atingir 2 dedos acima da lata. Deixe a água ferver (com a lata dentro e com a tampa da panela aberta). Quando a água ferver, tampe a panela e conte 30 minutos assim que começar a chiar. Aguarde esfriar e sair toda a pressão para abrir a panela. Aguarde a lata esfriar completamente para abrir. 

Massa:
3 ovos
3 colheres de sopa de açúcar demerara
1 colher de chá de extrato de baunilha
3 colheres de sopa de fécula de batata

Bata os ovos com o açúcar na batedeira até triplicar de volume (cerca de 5 - 7 minutos). Acrescente o extrato de baunilha e a fécula de batata peneirada. Misture com um fouet até incorporar. 
Forre uma assadeira com papel manteiga e unte com óleo. Despeje a massa e asse em forno médio 180 graus preaquecido por 12 minutos. 
Umedeça um pano de prato com água filtrada. Coloque-o sobre uma bancada. Assim que retirar a massa do forno, coloque em cima do pano de prato (papel manteiga para cima). Retire o papel e enrole o rocambole com a ajuda do pano de prato. Deixe enrolado por alguns minutos. Abra e espalhe o recheio (não usei toda a lata, coloquei cerca de 1/2 lata aos poucos em colheradas, o restante usei na cobertura e deixei a parte na hora de servir). Espalhe as ameixas picadas e enrole o rocambole novamente. Corte as bordas. Coloque em um prato de servir, decore com mais doce de leite e ameixas.



Ainda tem dúvidas de onde encontrar os produtos Itambé Nolac na sua cidade?
Clique aqui para encontrar um ponto de venda pertinho de você!

Com amor,

Monalisa Cavallaro

*Post Patrocinado


quinta-feira, 2 de março de 2017

Estrogonofe


Estrogonofe é aquele tipo de prato que costuma agradar todo mundo, principalmente se estiver acompanhado de arroz fresquinho e batata palha!
Se você nunca preparou, chegou a hora! Crie coragem para flambar a carne (essa é a parte mais bacana!) e saboreie! :)


Estrogonofe

Atenção alérgicos e intolerantes: receita sem lactose, ovos e glúten. Contém leite e soja (presente no molho inglês)

300g de filé mignon ou alcatra cortada em cubos
3 colheres de sopa de conhaque
3 colheres de sopa de ketchup
2 colheres de sopa de mostarda
1 colher de sopa de molho inglês
1/2 xícara de chá de cogumelos em conserva fatiados
1 lata de creme de leite Itambé Nolac
Sal e pimenta preta a gosto

Tempere a carne com sal e pimenta preta a gosto. Reserve.
Coloque um fio de óleo em uma frigideira larga (ou panela larga caso não tenha). Aguarde esquentar e coloque a carne. Como queremos selar a carne*, se a panela for pequena vai começar a soltar muita água e os pedaços vão cozinhar. Nesse caso, sele a carne em duas etapas.
Quando os cubos estiverem começando a dourar, com todas as partes já seladas, acrescente o conhaque e flambe. Você pode fazer isso de duas maneiras. A primeira é colocando o conhaque na frigideira e depois incliná-la levemente na chama do fogão para que o conhaque peque fogo direto nela.
A segunda é colocar o conhaque em uma concha, aproximar a concha da chama do fogão e quando acender a chama despejar na panela. Aguarde o fogo cessar para continuar.
Eu acho a primeira opção mais fácil. Nos dois casos, tome muito cuidado, a chama é bem intensa. Se estiver inseguro, pule a etapa do conhaque e continue a receita, ok?
Coloque o ketchup, mostarda e molho inglês. Mexa bem. Acrescente os cogumelos e por último o creme de leite. Misture, prove e faça as correções conforme o seu gosto se necessário (coloque mais mostarda, se gostar, mais ketchup, etc). 
Assim que estiver começando a ficar cremoso, desligue o fogo e sirva acompanhado de arroz e batata palha.

*selar carne: é fritar a superfície da carne, sem esperar que o centro cozinhe, para criar uma camada que preserva os sucos dentro dela e dessa maneira, faz com que a carne fique mais suculenta. 



Continue acompanhando as receitas Itambé Nolac no blog e nas redes sociais!
Conheça a linha Nolac completa clicando aqui e me acompanhe no Instagram, Facebook e Twitter.

Com amor,

Monalisa Cavallaro

*Post Patrocinado