quinta-feira, 10 de julho de 2014

Canjica com Especiarias

 

 
Faz frio e chove em São Paulo... Clima ideal para saborear pratos quentes e reconfortantes!
Publiquei essa receita no Instagram há algumas semanas atrás, se você ainda não viu, aproveita e faz amanhã mesmo! O aroma e o sabor são bem diferentes da canjica tradicional, incrível como as especiarias deixam tudo mais especial! :)

Canjica com Especiarias
Sem Glúten, Sem Lactose, Sem Ovos

200g de canjica branca (deixar de molho na água de um dia para o outro)
300 ml de leite de arroz (ou outro "leite" vegetal - o de coco é uma delícia)
1/2 xíc. (chá) de açúcar de coco (pode substituir por açúcar mascavo)
2 canelas em pau
sementes de 2 bagas de cardamomo (para quem não conhece são essas bagas verdes na foto)
5 cravos-da-índia

1. Cozinhe a canjica com água na panela de pressão por aproximadamente 30 minutos.
2. Escorra a água e volte para a panela com os demais ingredientes. Mexa até engrossar (demora um pouquinho, se desejar pode acrescentar mais leite de arroz - lembrando que com o leite de arroz não vai ficar extremamente cremoso, vai dar somente uma engrossada, ok?).
3. Sirva quente com um pouco de canela em pó.

 
Beijos! :)

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Pãezinhos de Tapioca


Olha uma opção gostosa de petisco para o jogo de amanhã!
Espero não ter mais um ataque do coração como foi no jogo passado, nessas horas só um lanchinho para acalmar! Vai David Luiz! <3 Sou apaixonada pela cabeleira, gente!


Pãozinho de Tapioca Sem Glúten Sem Leite
Fonte: baseado nessa receita do delicioso blog Come-se.

2 1/2 xíc. (chá) de água (ou leite vegetal)
1/2 xíc. (chá) de avelãs cruas sem sal (ou outra castanha)
1 ovo
3 c. (sopa) de óleo
Sal à gosto
Temperos desidratados à gosto (usei um mix com alho, manjericão, orégano, alecrim, salsinha, manjerona, pimenta branca, pimenta caiena e cebola)
250g de tapioca granulada
1/2 xíc. (chá) de polvilho doce

1. Bata no liquidificador a água com as avelãs. Acrescente o ovo, o óleo e bata bem.
2. Misture a tapioca com o sal e os temperos (tem que temperar bem para ficar gostoso, capricha!), despeje a mistura do liquidificador, mexa e deixe repousar até a tapioca absorver o líquido. Aperte os grãozinhos e certifique-se que estão macios, caso não estejam e o líquido já tiver sido todo absorvido, coloque um pouco mais de água e aguarde.
3. Acrescente o polvilho na tapioca hidratada e mexa bem. Unte uma assadeira com óleo, faça bolinhas com a massa (usei as mãos umedecidas com água, gruda um pouco, se preferir faça montinhos com uma colher) e coloque no forno alto pré-aquecido (200 graus) até dourar.

Rendimento: 24 pãezinhos.

 
Essa é a tapioca granulada, são grãozinhos mesmo. Não tem nada a ver com a goma de tapioca pronta que compramos para fazer tapioca na frigideira, ok? 


Vai, Brasillllllll!

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Bolo Pão de Queijo


Olá, Pessoal!

No último jogo da copa fiz esse bolo e comemos acompanhado de um café quentinho, foi tudibão!
É super simples e fica muito gostoso, me lembrou o falso pão de queijo de padaria que eu comia quando era criança.
A textura fica borrachuda e é uma delícia comer assim que sai do forno. No dia seguinte, percebi que ficou um pouco ressecado, então esquentamos os pedaços na sanduicheira e ficou melhor ainda! Não deixem de experimentar!



Bolo Pão de Queijo
Sem Glúten, Sem Leite
Fonte:
adaptado dessa receita do Edu Guedes.

3 ovos
1/2 xíc (chá) de "leite" vegetal (usei de arroz)
1/2 xíc. (chá) de óleo
1/2 xíc. (chá) de farinha de milho flocada (celíacos: verificar rótulo, algumas marcas contém glúten)
2 xíc. (chá) de polvilho azedo
1 c. (chá) de sal
2 c. (sopa) de orégano
1 c. (sobremesa) de fermento químico em pó

1. Bata no liquidificador os ovos, o leite vegetal, o óleo e a farinha de milho flocada.
2. Misture os ingredientes secos (menos o fermento) e despeje a mistura do liquidificador. Mexa bem até ficar uma massa homogênea. Acrescente o fermento e misture.
3. Coloque a massa em uma forma de bolo inglês, leve para assar em forno médio pré-aquecido (180 graus) até dourar. 

 
Beijos!


quarta-feira, 25 de junho de 2014

Bolo de Fubá Cremoso

 
 
Fiquei naquele dilema: publica receita boa com foto feia ou refaz a receita algum dia e tira foto decente? Como eu sei que esse "algum dia" provavelmente não chegaria jamais, resolvi publicar desse jeito... Sorry! Mas deu para captar a gostosura, né?

A camada de fubá embaixo ficou super fofinha. Depois que o bolo esfria, tem a tendência de ficar mais dura, mas nada que uma leve aquecida no forno não resolva. Esse bolo fica muito mais gostoso quente, e se polvilhar canela fica melhor ainda! ;)

Bolo de Fubá Cremoso
Sem Leite, Sem Glúten, Sem Soja

Fonte: da querida Akemi do Pecado da Gula

1 ovo grande
1 1/2 xíc. (chá) de "leite" de amêndoas
1/4 xíc. (chá) de "leite" de coco
1 xíc. (chá) de açúcar demerara
1 c. (sopa) cheia de manteiga ghee (quem não tiver pode substituir por creme vegetal)
1 xíc. (chá) de fubá
2 c. (sopa) de farinha de arroz
1/2 c. (sopa) de fermento químico em pó

Obs. ingredientes correspondem a meia receita, caso prefira dobre a receita.

1. Bata no liquidificador: o ovo, leites, açúcar e manteiga ghee. Acrescente o fubá e a farinha de arroz e bata por mais alguns minutos. Coloque o fermento e bata somente para misturar.
2. Despeje em uma forma pequena e funda (untada e enfarinhada com farinha de arroz) e leve ao forno médio (180 graus) pré-aquecido por aproximadamente 50 minutos.

Atenção: se utilizar uma forma muito grande as camadas não vão se formar.

 
Esse furo no bolo foi uma pessoa muito delicada que foi espetar um palito e acabou formando uma cratera. O bolo ainda estava mole, mas ela fez questão de ficar mexendo para ter certeza. Pago brigadeiros para quem acertar quem foi! haha

Beijos

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Testado e aprovado pelas leitoras!

Já falei inúmeras vezes, mas não me canso. Vocês tem noção do quanto é bacana e motivante (além de carinhoso, gostoso e um monte de outros adjetivos) quando você recebe relatos e fotos de pessoas que fizeram uma receita recomendada por você?

Tenho certeza que muitos devem pensar: "qual é o problema dessa louca? eu só mandei a foto de um pudim..". Mas gente, é nessas horas (e através dos comentários e e-mails também) que eu percebo que tem pessoas me acompanhando...
 
Essa percepção se tornou ainda mais clara quando hoje me deparei com 20 mil amigos na fan page (20 mil é gente pra caramba!!!), estou chocada e imensamente agradecida! Que esses 20 mil e os milhares que acessam o blog todo mês, recebam minha gratidão que estou enviando nesse momento do fundo do meu coração! <3
 
 
Agora vamos para as delícias!
 
A Marina Arlotta preparou duas receitinhas:
A primeira foi... o famoso e querido por todos pudim da Carol!
E a segunda foi o bolo de coco sem glúten, que a família toda amou! O cunhado da Marina comeu a metade, hahaha. Esses cunhados, viu?!
Ela também mandou a foto das farinha que utilizou: farinha de coco da Copra Coco e farinha de arroz Casarão.
 


 
O pudim da Carol também foi parar na casa da Rita Brasil, mas em uma nova versão: ela utilizou adoçante forno e fogão e um pouco de açúcar mascavo para ficar com uma corzinha linda. Depois fez uma calda com água, ameixa e um pouco de adoçante. Não sei vocês... mas eu fiquei babando!
 
 
A Laura Oliveira de Souza tem 17 anos e descobriu a IL há aproximadamente 2 meses. Ela já testou o bolo de chocolate do blog que ficou uma delícia, mas o que a surpreendeu mesmo foi o pão de liquidificador. Ela pretende fazer mais receitas e eu vou ficar aqui aguardando e torcendo para que goste de todas! :)


 
 A Lígia Lozano já é de casa, tem lugar reservado e entrada VIP a qualquer tempo. Eu realmente acredito que o Biel (filho da Lígia e dono de um par de bochechas que eu desejo amassar algum dia) é muito sortudo porque a mãe dele cozinha moooooito! As últimas da Lígia foram:

- pudim da Carol na versão da Fernanda, ou pra quem se perdeu na história - pudim de chocolate sem leite condensado.
  
E o pão de arroz cru sem glúten que ela já preparou duas vezes! Na primeira utilizou creme de soja e tempero desidratado (alho, cebola e salsa). Na segunda vez, colocou bastaaaante azeitona! Amo!
 
 
A Lyllianne Campos é de Brasília e preparou a trufa cremosa, aquela com recheio de castanha de caju e limão. Nham! Achei um luxo as forminhas que ela utilizou, deu um toque a mais e ficou super caprichado. Parabéns, Lyllianne! :) 
 
 
 Meninas, muito obrigada pelo carinho, adorei ver um pedacinho do Diário na casa de vocês!

Se você também fez uma receita do blog e gostaria de me contar, mande e-mail para: receitassemlactose@gmail.com

Beijos

terça-feira, 17 de junho de 2014

Festinha Sem Leite da Malu e Docinho de Arroz com Coco e Damasco

 
Olá, Queridos!
 
Hoje trago uma dica "utilidade pública" para mamães e papais que desejam organizar uma festa totalmente sem leite para seus pequenos alérgicos à proteína do leite de vaca (intolerantes à lactose também vão se beneficiar).

A Luciana Winck, mãe da fofa e sapeca Malu (foto abaixo), é leitora do blog e estava testando a receita do leite condensado de coco para preparar brigadeiros para a festa de 3 aninhos da Malu.

A festa aconteceu, foi um sucesso e ela escreveu um post em seu blog Lu, Mãe da Malu contando tudo, colocou inclusive as receitas que ela mesma preparou com o maior capricho - do bolo ao antepasto de berinjela.

O docinho de damasco também faz parte dessas receitas. Assim que vi gostei muito, achei fácil e acessível. Preparei em casa e ficou delicioso, vai ficar aqui no acervo do blog também. :)
Não deixem de acessar o blog da Luciana e vejam que com organização e planejamento é possível fazer uma festa segura e deliciosa!
 

(Foto retirada do blog Lu, Mãe da Malu)

Docinho de Arroz com Coco e Damascos
Sem Leite, Sem Glúten, Sem Ovos, Sem Soja

Fonte: blog da Luciana - Lu Mãe da Malu
 
1/2 xíc. (chá) de arroz cru
8 damascos secos
3 xíc. (chá) de água
200 ml de leite de coco
1 1/2 xíc (chá) de açúcar demerara
50g de coco ralado
Coco ralado para envolver os docinhos
1. Cozinhe o arroz e o damasco na água.
2. Bata no liquidificador com o leite de coco até ficar uma massa bem lisa.
3. Despeje em uma panela e acrescente o açúcar e o coco. Cozinhe até dar o ponto de enrolar. Deixe esfriar, coloque um tempo na geladeira, faça bolinhas e passe no coco ralado. 

 
Parabéns, Luciana! E muito obrigada por dividir sua experiência!

Beijos!

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Trufa Cremosa para o Dia dos Namorados!

 
Olá, caro (a) amigo (a)!

Se você chegou até aqui existe a grande possibilidade de não ter sido por acaso. Você pode não ser jogador da seleção, mas acaba de ser convocado a preparar essas trufas para alguém muito especial no próximo dia 12 de junho.
Sim, é o dia da abertura da copa, mas caso você não se lembre, também é dia dos namorados.

E eu vou te contar um segredo: alérgico e intolerante ama ganhar presente de comer, sabe? Ainda mais se a pessoa teve o trabalho e a preocupação de preparar ela mesma... aí é carinho e amor demais, gente! Arrasa corações!

Caso você tenha habilidade zero na cozinha, fique tranquilo (a): a receita é facílima! Mas se você quiser algo ainda mais prático, que nem precisa banhar no chocolate, recomendo essa receita de trufa com amêndoas.

Se você caiu aqui de paraquedas e está solteiro (a), muita calma! Tenho certeza que você deve ser como eu: adora pessoas de atitude que surpreendem... Compartilha essa receita na sua rede social e deixa seu paquera ficar ciente dessa trufa. E lembre-se: não damos indireta, apenas compartilhamos ideias.  #ficaadica #caradepau

 
 
Trufa com recheio de Castanha de Caju e Limão
Sem Leite, Sem Glúten, Sem Ovos

1 c. (sopa) de suco de limão
1 c. (sopa) de leite de coco (ou outro "leite" vegetal)
1 c. (sopa) de açúcar demerara
1/2 xíc. (chá) de farinha de castanha de caju (bata as castanhas sem sal no processador até virar uma farinha)
1 barra (100g) de chocolate meio amargo sem glúten sem lactose
cacau em pó para decorar

1. Misture o suco de limão, o leite de coco e o açúcar. Mexa bem e reserve para que o açúcar termine de dissolver.
2. Enquanto isso, bata a castanha de caju no processador até virar uma farinha (caso você não utilize a farinha pronta). Acrescente a misturinha com o açúcar e bata bem até ficar homogêneo, tem que ter paciência e parar algumas vezes para raspar as laterais. Coloque na geladeira por pelo menos 30 minutos.
3. Retire da geladeira e faça bolinhas. Não precisa untar as mãos, gruda um pouco, mas nada demais. Coloque as bolinhas no freezer por 30 minutos (se não fizer isso vai dar trabalho passar no chocolate).
4. Derreta o chocolate em banho-maria, ou caso prefira, use o micro-ondas (neste caso, coloque 30 segundos, pare, mexa e volte por mais 30 segundos, faça isso até ficar totalmente derretido).
5. Tire as bolinhas do freezer, passe uma a uma no chocolate com o auxílio de um garfo, deixe escorrer um pouco o excesso de chocolate e coloque cuidadosamente em um prato. Polvilhe cacau em pó. Quando terminar de banhar todas, volte para a geladeira para o chocolate endurecer bem. Aí é só desgrudar as trufas do prato, colocar em forminhas bonitinhas, arrumar uma embalagem e fazer a alegria do seu amor.

Rendimento: 8 trufas (Nada de miséria, gente! Dobra a receita! Eu fiz pouco porque foi um teste e estava fazendo mais duas receitas ao mesmo tempo: dá-lhe apetite!)
 
 
Ficou uma delícia, esse recheio cremosinho com gosto de limão é uma perdição!
Se não gostar de limão, é só substituir o limão por leite vegetal e acrescentar extrato de baunilha, vai ficar ótimo também.

 
 
 Beijos e Ótimo final de semana! <3

domingo, 25 de maio de 2014

Resumo da Semana #26

Olá, Pessoal!
 
Faz um tempinho que não coloco o resumo da semana! Não tenho comprado muitas coisas novas porque estou com uma alimentação bem restrita devido alguns probleminhas (nada grave). Mas posso garantir que depois que essa fase passar, não vou voltar a comprar certos produtos. Além de tudo estar muito caro, na maioria das vezes o que vem dentro do pacote não compensa esse gasto nem para o bolso e nem para a saúde. 
 

 
Comprei esse patê por pura curiosidade. Como é da mesma marca do Mandiokejo, produto que gosto bastante, achei que poderia ser bom. Dica: para quem gosta do Mandiokejo sai muito mais barato comprar na loja virtual do site da própria marca: 500g do produto no site está R$29,90, enquanto nas lojas a embalagem de 200g sai aproximadamente por esse preço. Façam o pedido com amigos, assim acaba compensando ainda mais já que é cobrado frete. 

 
Voltando ao patê... não gostei. A textura não me agradou e não achei que tem cara e gosto de patê. Uma pena!
 
 
Para variar um pouco e sair do macarrão de arroz, arroz branco, arroz integral... comprei duas massas, uma com quinoa e amaranto da Mundo da Quinoa e a outra de mandioca da Carpe Diem.



 
Gostei das duas. A de quinoa e amaranto não tem muita diferença na textura e no sabor, já a de mandioca é um pouco "borrachuda", mas mesmo assim gostosa. 
 
 
Massa para lasanha sem glúten da Schar, também aprovada! Não é uma massa pré-cozida, então é preciso ter aquela disposição para cozinhar tudo antes de montar a lasanha... #preguiça

 

A foto do creme de arroz é mais para apresentá-lo à quem nunca usou. Recebo muitas dúvidas por e-mail e nos comentários no blog de leitores que confundem creme de arroz para uso culinário com o creme de arroz (farinha) da Yoki. Os dois produtos tem objetivos diferentes. O creme de arroz utilizado como substituto do creme de leite de vaca é um produto líquido, vem em embalagens de 200g e vocês podem encontrar duas marcas: esse da Isola Bio e o da Bio Rice.
 
Ultimamente tenho encontrado bons preços no supermercado Pão de Açúcar (em São Paulo), o creme de arroz está saindo por menos de R$5,00. Acho gostoso e neutro, é uma boa variação para o creme de soja que tem sabor bem acentuado além de ter essência de baunilha.
 
 
Leite de arroz em pó enriquecido com cálcio da Jasmine. Desisti de tentar encontrar esse leite nas lojas da minha região, então adquiri pela internet nesse site (pesquisem antes de comprar, já encontrei sites com melhor preço...). Tenho muita curiosidade de testar em receitas, depois conto para vocês. 
 
 
Não sou de comprar mistura para bolos e pães, não acho que o valor compensa e eu gosto que preparar em casa, coloco as farinhas diferentes, acrescento ingredientes, enfim... nada como uma receita "personalizada" com nossas preferências, né? Comprei esse da Rositos tentada pela combinação salsa, cebola e alho (amooo!). O pão ficou uma delícia, valeu a pena!

 
Tenho comprado mais pela internet do que em loja física, fico de olho nas promoções, procuro comprar o valor mínimo para o frete grátis e acaba compensando. Fora os produtos que eu já citei onde comprei, os demais comprei na Integral Deli. O macarrão de mandioca comprei na Casa de Saron quando fui comprar o meu estoque de farinhas e grãos. Quem é de São Paulo compensa mais ir pessoalmente na loja, os preços são melhores do que no site.  
 
Beijos e uma semana iluminada para todos!
 
 
 
Observação: este post não é um publieditorial.
Para maiores informações sobre os produtos, entre em contato com as empresas.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Pudim de Chocolate da Fernanda - Sem leite condensado, sem lactose, sem soja, sem glúten

 
Lá vem a Monalisa falando de novo de pudim... tsc tsc tsc...
Não é novidade para quem acompanha o blog que o pudim da Carol é sem dúvida a receita que mais fez sucesso com os leitores. Foi campeã de comentários e de fotos enviadas por pessoas que testaram e gostaram muito.
Eis que um dia chega um e-mail da Fernanda Skupien para melhorar o que já era bom: ela fez o pudim da Carol na versão chocolate! No final da postagem tem a foto do pudim lindão da Fe! :)


Pudim da Carol na versão da Fernanda! :)
Sem leite condensado, sem lactose, sem soja, sem glúten

6 ovos
400 ml de leite de coco
1 xíc. (chá) de açúcar demerara
1 xíc. (chá) de chocolate em pó solúvel
1 c. (chá) de extrato de baunilha
1 pitada de sal

aprox. 1 xíc. (chá) de açúcar + 1/4 xíc. (chá) de água quente para caramelizar a forma

1. Comece pela calda: Coloque o açúcar em uma forma para pudim com furo no centro, leve ao fogo bem baixo e deixe o açúcar derreter. Assim que estiver dourado, coloque a água quente com cuidado e mexa. Deixa descansando enquanto coloca o pudim para bater.
2. Peneire todas as gemas para retirar a película que pode causar cheiro de ovo na receita - passo importantíssimo e que não pode deixar de ser feito! Coloque os ingredientes no liquidificador e bata bem. Despeje na forma e leve para assar (forno médio 180 graus pré-aquecido) em banho maria por 1 hora.
 
Observação: já preparei duas vezes, na primeira utilizei pouquíssima calda e usei chocolate em pó solúvel (foto abaixo). A textura ficou parecida com a de um brigadeirão, acredito que por falta da calda, ficou maravilhoso! Na segunda vez fiz com cacau 100% sem açúcar, utilizei somente 4 colheres de sopa porque é bem forte (fotos acima, dá para perceber que está bem mais escuro, né?), fiz um pouquinho a mais de calda e a textura ainda ficou como a de um brigadeirão, mas um pouco mais úmido, novamente delicioso!
 
Se puder, deixe o pudim na geladeira de um dia para o outro antes de servir, fica mais gostoso! E não precisa adicionar amido de milho na massa, não faz parte da receita! #ficaadica
 
 
E esse é o pudim da Fernanda com muita calda e bem morenão! Fala a verdade se não dá água na boca até não poder mais?
Amanhã é meu aniversário e para variar um pouco não vou ter tempo de fazer bolo, vou apelar para o pudim novamente! Estou pensando em acrescentar raspas de limão, vai ficar bom não acham?
 
 
Beijos e ótimo final de semana!
 

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Testado e aprovado por leitoras!

Olá!

Tão gostoso ver as receitas do blog levando felicidade para outras pessoas!
 
 
A querida Priscilla Lamar fez o brownie de caneca e achou maravilhoso! <3 Mas teve um porém: ela achou muito para comer de uma vez só! Sinal de que ela não é tão gulosa quanto eu! haha 
A conheci pessoalmente quando ela veio passear em São Paulo e agora é minha vez de ir visita-la em Brasília na semana do curso na NutriChef. :) 


A Cristiane Scrinholi fez a receita da mousse de gelatina sem ovo / danoninho fake, foi a primeira vez que fez uma receita do blog e adorou! No dia seguinte, ela me enviou uma variação da receita: uma mousse de chocolate preparada com o creme de soja, condensado de soja, gelatina incolor e chocolate em pó. Delícia! :)

 
A Raquel Nicolau preparou os cookies de quinoa com castanha do pará. A primeira fornada queimou um pouquinho, mas mesmo assim ela gostou bastante. E parece que mais alguém estava muito a fim de comer cookies... vejam que fofura!!! <3
 
 
A Karina Jacinto fez o pudim da carol e achou tudo de bom!
"Sou péssima para fazer doces, mas este é super fácil e ficou perfeito fiquei muito feliz... ah não senti gosto de coco nem cheiro de ovo... amei e todos aqui aprovaram!!!!"
Agora me diz uma coisa: você é "péssima" para doces e faz um pudim perfeito desse jeito? Arrasou!
Eu também não sinto gosto de coco, pensei que fosse só eu, mas pelo menos agora tenho a Karina para concordar comigo! rs :)


 Meninas, obrigada de coração pelo carinho, adorei todas as fotos!
 
Beijão!